CBViana

CBViana
CBViana
Queres praticar basquetebol, então vem ter connosco ao Pavilhão Santa Maria Maior Minis *** Idade 7 aos 12 Anos **** Terça -> 18:30 às 20:00 **** Quintas -> 18:30 às 20:00 ****

Sub 16 - Meia Final - XI Taça Nacional

Sábado, 16 de Junho de 2012 às 15:00 no Pavilhão St.ª Maria Maior


Meia-Final

IEJOTA 65 - 91 CB Viana / SCALA


Fotos de : Jerónimo Lomba

 O CB Viana Scala consegue alcançar a final da Taça Nacional, após vencer o IEJOTA, de 26 pontos. O encontro foi marcado pela superioridade dos nossos atletas, que foram sempre na frente do marcador. Apesar da diferença, fazer referência à qualidade demonstrada pela equipa oriunda da Associação de Leiria. 

1º Parcial (23-17)
Neste observamos um início forte por parte do CBV, chegando rapidamente a uma vantagem de dez pontos, alicerçada numa percentagem de lançamento de campo e dos tiros livres (50% e 71%, respetivamente), mas o IEJOTA, não se deu por vencido e foi reagindo através de algumas transições rápidas.

2 º Parcial (33-19)
Neste a nossa equipa abriu uma brecha no marcador, que se tornou impossível de responder por parte do conjunto do Juncal. Mais uma vez mantivemos a eficácia nos lançamentos de campo, com especial destaque para o Francisco e para o Gonçalo, sendo apoiada pelo domínio das tabelas e recuperação de posses de bola. Neste parcial fomos tapando com maior clarividência os caminhos para o nosso cesto. No final da primeira parte vencíamos de 20 pontos, como tal, nada estava resolvido.
STATS – 2º parcial

3 º Parcial (14-14)
Quando tudo apontava para que o jogo ficasse resolvido rapidamente, “eis” que os nossos rapazes entraram num período de relaxação por um lado, e ansiedade por outro. Marcamos unicamente 14 pontos, mais por demérito próprio, pois fomos falhando tiros de fácil execução (3 lançamentos convertidos em 16 tentados), foi salvando os tiros interiores do Bruno e os exteriores do Hugo, como a manutenção do domínio dos ressaltos, em que o Bruno foi “dono e senhor”, com a captura de 10 ressaltos. Apesar de efetuarmos um parcial menos conseguido, a diferença manteve-se nos vinte pontos.

4 º Parcial (21-15)
Neste último parcial, o nosso conjunto voltou à eficácia da primeira parte, baseado numa circulação de bola mais rápida, que foi permitindo encontrar as melhores soluções para lançamento ao cesto, neste âmbito foi-se destacando o Nélson. Este facto foi possibilitando que os jogadores refreassem um pouco a sua ansiedade e voltassemos a controlar o ritmo de jogo até final. No que concerne ao IEJOTA, grande parte do ataque foi passando pelo atleta nº 9 R. Pereira, que materializou 29 pontos.

Amanhã na final teremos como rival o Grupo Desportivo André Resende. Um conjunto composto por um grupo de atletas com qualidade e muitas soluções, e, muito bem orientado.
Como tal, esperamos que a nossa massa adepta demonstre o mesmo apoio que nos dedicou no jogo de hoje. Desde já o nosso agradecimento.